blog

Mulheres: tem problema quando o amor não é que não possam ser evitados

Todas as mulheres têm afirmado “ouch” um dia, durante uma relação sexual, sem se preocupar com mais do que isso. Um pouco de dor, um constrangimento, uma dor que não passa-até depois, nada de grave. Há um problema quando a dor se repete, assim como ele, acaba sendo um sofrimento. Fazer amor não é intenção de prejudicar. Quando uma senhora tem negativo sexo, ele bloqueia. A mulher desliga, então esta parte de seu corpo e de sexo. Uma mulher pode ter dor constante, ou quando tocamos o seu sexo. Alguns sentir-se incomodado, outros realmente a sentir uma dor extremamente determinado local. A variedade de casos, é ilimitada, no entanto, um ponto é certo: a dor nunca é completamente física ou inteiramente psicológico. Na maioria das vezes, é uma mistura dos dois. E para a maioria das mulheres, essa dor é tratável.

Ele é” asneira “, afirmam algumas senhoras

Algumas fêmeas sentir que ele está “fodido”, uma vez que foram nunca, jamais, ser penetrado. Eles não pretende, eles não tentam, eles têm, na verdade, não foi capaz. Ele nunca funcionou, ele não passa, ele é encerrado. As barreiras são nunca mais voltou. Mesmo para o ginecologista, é impossível. Outros foram sempre errado.

Ele é asneira, afirmam algumas senhorasO primeiro tempo, ocorre uma e outra vez, no entanto, a dor nunca é componente do mesmo; a ser passado, para eles, é ter o mal. Essas mulheres têm a sensação de ter uma vagina muito pouco, limitada, magro,” incomum”, Elas comprimem os seus dentes, assim como eles têm uma parceria, eles colocam pressão sobre eles: “É que vai investir este tempo todo? Isso vai prejudicar? “. Outros ainda têm, na verdade, respeitadas as várias terapias, como resultado de seu sexo, arranhões ou queimaduras, ou picadas.

Sua sexualidade depende da taxa de infecções, tratamentos clínicos, prescrições. Em última análise, outros nunca ter realmente sentia alguma coisa por amor. Para requerer a realmente sentir absolutamente nada, e obter queimados, eles perdem o interesse em sexo. Como não é fácil dizer para outro: “estou entediado em toda a nossa abraços! “reclamar” eu estava errado “lhes permite fornecer um viés razão para ficar claro de que o” dever “.

Eles dizem que ele vai desaparecer

Eles dizem que ele vai desaparecerNo início, quando a relação sexual é dolorosa, as senhoras não se preocupe; eles alegam que isso certamente vai passar, eles acham que é normal ter uma ferida. E depois de que, depois de algum tempo, a fim de ver. Quando eles falam, eles falam de uma “dor” crucial e suas descrições são freqüentemente imaginadas. Há a queimar-cut-out: experiências de esfaqueamento, lâminas de barbear. Há a queima da lesão: um sentimento de um corte, de uma ferida de carne, uma lágrima.

Há o burn-sting: estados,” eu sinto que eu tenho um ouriço-do-mar na minha calcinha “. O desconforto ou queimaduras aparecem com freqüência ao toque, ou até mesmo a entrar em contato com a roupa, ou o uso de tampões. Eles são realmente senti no grau de fora genitália assim como o companheiro, às vezes, uma dor no momento das relações sexuais.

Sensações de queimação ou vulvodynia

Como rapidamente como uma mulher se queixa de desconforto na área da vulva, e que não há evidente razão para o exame médico, é mais provável para ouvir o diagnóstico médico de vulvodynia. Estes derramamento experiências de cada adquiriu um “pouco” nome da clínica em função da área onde eles estão localizados: quando dói em todas as relações sexuais, o que o vulvodynia; na entrada da vagina, é o vestibulodynia; no clitóris, é o clitoridynie.

Sensações de queimação ou vulvodynia

Cerca de 15 % das senhoras luta com vulvodynia, inning acordo com um estudo alemão publicado em 2005, e mais, muito mais antiga. A média de espera entre o início da dor, bem como o diagnóstico médico foi de aproximadamente 6 anos. “No entanto, os clientes acreditam que o hold-up no diagnóstico médico contribuiu para a gravidade de seus sintomas e sinais, que” cria o especialista da pele Clarence de Belilovsky, no artigo, atualmente, apontou. Freqüentemente, as mulheres descobrem um período de sua menstruação, que é extra excruciante. Alguns explicar o desconforto para sentar-se. A dor além disso, use o seu design de equipamento: as mulheres remisent suas calças apertadas e escolher usar soltos roupas ou materiais adaptáveis.